Em turnê pela Europa, Derci Gonçalves concede entrevista exclusiva

Em Novembro de 2005, três jovens resolveram montar um conjunto musical para jogar suas tristezas e mágoas para fora. Mas como suas raízes não eram essas, optaram pelo 2º plano: fazer o bom e velho hardcore rápido (Grind-Violence mais precisamente). Com músicas rápidas e letras sarcásticas, assim nasce Derci Gonçalves!
Doismeses depois, gravou 9 sons para um split com o grupo de “samba” F.O.M.I(SP). Bem aceito pela crítica thrash-tosca, o split não fez vergonha para os amantes da barulheira.
Hoje, o conjunto segue em frente para a caminhada que é grande e enquanto isso, prepara-se para novos lançamentos, novas amizades e várias atividades que com certeza não irão fazer diferença alguma na sua vida.
Em turnê pela Europa, Derci Gonçalves concede entrevista exclusiva para o site Durango95′.
Durango95′:Com 6 anos de estrada, a banda deve ter passado por diversas experiências. Dentre elas, qual o valor que uma turnê na Europa tem pra vocês?
Derci Gonçalves: Turnê na Europa é animal, mano. Cerveja todo dia, show todo dia, vivendo o rock todo dia. Nêgo paga uma grana pra você se manter. Comida e diversão, isso vale mais como uma realização pessoal para cada um de nóis!!
Durango95′: Como apareceu essa oportunidade de tocar em tantos países pela Europa?
Derci Gonçalves: Vai agendando a tour e quando a gente vê, já tem uma pá de lugar massa e etc. Isso é natural em tours europeias.
Durango95′: Com relação ao reconhecimento dentro do Estado, vocês acham que tem sido suficiente?
Derci Gonçalves: Não sei mano, nunca parei pra pensar nisso. Pra gente tanto faz também. A gente não se preocupa nenhum pouco com isso. A maioria dos shows que a gente toca é no estado e em Belém mesmo, e marioria são nossos amigos que estão presentes. Em outros é quando show é grande ou algo do gênero.
Durango95′: O rock paraense parece estar ressurgindo e algumas bandas começam a ser reconhecidas em outras regiões do Brasil e no exterior.
 Vocês acham que a cena underground paraense está no auge novamente?
Derci Gonçalves: Também não sei mano, depende da cena! A que eu vivo no Pará é a hardcore e metal, e sei que muitas bandas tem alcançado seus objetivos, seja fazendo tours, lançando discos, tocando em festivais legais e fazendo shows na cidade, mas eu acho que eu não sou a pessoa mais apropriada pra dizer se está no auge ou não.

Derci Gonçalves na turnê europeia

Durango95′: O Pará já viu surgir bandas de alto calibre no passado e muitas continuam a aparecer todos os dias. Quais delas mais influenciaram o Derci Gonçalves?
Derci Gonçalves: Muitas, cara, e o legal é que nos dias de hoje a gente toca junto nos mesmos picos, toma cerveja junto ou algo do gênero, mas em um passado não tão distante bandas como Delinquentes, Baixo Calão, Morte Suicida, Baby Loyds, Ameaça, Agressão, Ato Abusivo e muitas outras influenciaram peso, não exatamente no som
do Derci Gonçalves, mas sim na maneira de como correr atrás do faça você mesmo, tenta fazer algo, ser ativo, tentando lançar disco, tentar ir no “Balanço do Rock” dar uma entrevista (risos). Mano, quem dera se a gente tivesse tocado em um daqueles shows no Altino Pimenta ou aqueles do Bora Bora!, Arara Hippie ou Dragão 2000. Porra, esse tipo de coisa influencia, saca? E não precisa fazer o mesmo tipo de som.
Aproveitando essa brexa aqui, queria deixar um salve a todos os amigos que ainda insistem em fazer algo em Belém, seja dando apoios, fazendo zines, fazendo shows, lançando as paradas, ajudando direto ou indiretajente na parada!
Comprem discos, leiam algo de produtivo, paguem ingressos nos shows, façam shows mesmo não sabendo como funciona. Pergunte! Se introse com a galera que está ativa, não seja mais um atraso de nação e nem fique medindo que banda faz mais tours, que banda lança mais discos, que banda tem mais status, etc, etc.
FAÇA VOCÊ MESMO!!!
É nóiz

leia mais

images

Rock para os namorados

Mês de junho… Sabe como é, né? Dia 12 é o Dia dos Namorados, e você aí, sem ideia do que fazer pra sua pequena… Ela já deve estar enjoada das mesmas coisas de sempre e tudo mais… Então, que tal você fazer um CD com umas músicas bonitinhas pra ela? Mas tem que ser […]

The-Ramones1

Cinco músicas originais e suas versões

Músicas boas sempre marcam as vidas das pessoas. Porém, muitas delas ficaram conhecidas mais pelos regravações do que por suas versões originais. Sendo assim, decidi separar algumas dessas sereníssimas canções para que possamos, juntos compará-las com seus respectivos covers. Vamos lá?   1- I fought the law     Em sua versão de 1966, vemos Bobby […]

2c8baa627f6911e2934722000a9f3cae_6

O que ouvir em uma viagem? A trilha sonora perfeita para “o pé na estrada”

Qualquer viagem começa com o planejamento – Onde ir? Depois da resposta a esta primeira pergunta, começamos a pesquisar locais para conhecer, os mais famosos, os mais recomendados, os mais conhecidos, os mais difíceis, os pontos turísticos e como chegar em cada lugar. Roteiros. Viajar é principalmente praticar o desapego. É desligar-se totalmente das preocupações que […]

Comments

  1. Renan says:

    Foda, foda. Representando o nosso hardcore. Dalee derci !

  2. Anônimo says:

    É isso ai mermo kaká, tamo junto pra fortalecer e não pra destruir o underground! parabéns!

Trackbacks

  1. […] como irmãos e companheiros de outro lugar do mundo, como é o caso do Disgrace & Terror e do Derci Gonçalves (leia a entrevista excluisiva no link), ambas bandas excelentes daqui do Pará que estão em turnê […]

  2. […] do Felipe como eu já citei antes, tem o Mákina que já é de uma nova safra de bandas, tem o Derci Gonçalves que já tocou na Verdurada também, tem bastante banda boa, mas a sensação do momento mesmo aqui, […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: